Desta vez o encontro foi com um alemão que vive e torra Café de Especialidade em Portugal, Julian Battke. Depois de anos na Alemanha a trabalhar para uma multinacional americana, acabou por descobrir o prazer da vida tranquila em Lisboa. Desde sempre apaixonado pelo bom Café, decidiu mudar de vida abandonando o emprego corporativo e começou a desenvolver a ideia de montar um negócio próprio no ramo do Café de Especialidade, que via crescer em força na cidade. Regressou a Berlim para fazer um curso nesta área, onde aprendeu toda a teoria. Neste momento, vive apenas desta actividade, importando o grão verde criteriosamente selecionado, que torra na Olisipo, e vende online, para todo o mundo. Curioso referir que apenas 5% das vendas são para Portugal.

A conversa aconteceu na Fábrica Coffee Roasters da Rua das Flores, à volta de um flat white da casa. A ideia inicial de Julian foi abrir a sua própria Coffee Shop, mas os valores de aluguer de espaço em Lisboa estão, neste momento, muito elevados. Sobre a atitude dos portugueses em relação a Café de Especialidade, acredita que o conceito terá cada vez mais aceitação, apesar dos hábitos enraizados e difíceis de mudar localmente.

Já antes tínhamos encomendado online o Surian, da Indonésia, região pela qual temos sempre muita curiosidade. Torrado com mão de mestre, como seria de esperar, e preparado em modo filtro, como é recomendado, deu uma bebida com bom corpo, de acidez equilibrada e delicadamente cítrica.

Na ilha de Sumatra as fazendas são pequenas e, nesta região de Solok, a producão foi impulsionada pelo governo local, que investiu em pequenas estações de lavagem para ajudar a promover essa região e criar um perfil bem característico. O povo Minang Solok, nativo desta área, começou a cultivar Café no que antes era uma área tradicional de cultivo de chá. O grupo Surian é constituído por 12 regiões locais, que possuem aproximadamente 1 a 2 hectares cada um. Os grupos entregam a sua produção à estação de lavagem local, onde depois é feito todo o controlo de qualidade. Neste caso, o processamento Honey, uma variante entre o método Lavado e Natural, introduz uma leveza na acidez que muito apreciámos.

Agora, estamos muito entusiasmados e curiosos em provar o El Salvador, acabado de torrar pelo Alemão que ama Lisboa, e o Café de Especialidade!